quarta-feira, 13 de maio de 2020

A Escola Mascarada e a Máscara da Escola

Ainda sobre o regresso à Escola na próxima semana...

Os alunos irão para a escola e para as creches conscientes da importância de distanciamento social de cerca de 2m entre si e da impossibilidade de partilha de objetos, nomeadamente, brinquedos... Porém, lembro-me que a Escola é o espaço de aprendizagem, mas também um espaço de socialização... A creche tem esse papel determinante de criar espaços de partilha, cooperação e sentirem a pertença a um grupo... pelo que será oportuna esta decisão?
Um aluno que vai para uma creche ou pré-escolar, tem a desenvolver um conjunto de competências fundamentais para o seu crescimento, como pintar, cortar, colar, decorar, correr, saltar, experimentar texturas, criar arte com diferentes materiais, dramatizar, fazer mímica, escutar, cantar, aprender a brincar,... entre tantas outras aprendizagens...

Deixo algumas questões e alertas... os alunos em muitas destas escolas poderão sentir que estão numa espécie de baile de máscaras de primavera ou que, por engano, tenham entrado em alguma formação sobre soldadura... vamos ver em que ficamos e se ninguém se assusta...
Por outro lado, caros pais, educadores e alunos... na altura de escolher a máscara tenham em atenção que as melhores não são as Made in América, porque o Batman, Wolverine, Robin, Flash e Capitão América não estão de acordo com a Direção Geral de Saúde (aliás era fácil ver o que se tem passado com a administração Trump), tapam os olhos ao invés do nariz e da boca!!!
Assim, escolham as máscaras Made in Ásia, como o Ronin, Shredder, Ninja, Samurai ou se preferirem Made in Portugal com os Caretos de Podence, aí sim, com os devidos cuidados, destapando apenas os olhos e às vezes nem isso... completamente anonymous!

Que no final do 1.º dia ainda saibamos onde estão o João, a Maria, o Rui, a Educadora e todos os outros... sem que tenham todos, por diversão, trocado as máscaras enquanto brincam ingenuamente uns com os outros!













Sem comentários:

Publicar um comentário

Mais vistas